blog

Vivemos numa época em que as pessoas têm buscado equilíbrio, adotando condutas e hábitos que lhes ofereçam maior qualidade de vida, objetivando saúde e bem-estar.

Nesse contexto, sem dúvida alguma a odontologia possui papel extremamente importante, afinal de contas, a saúde começa mesmo pela boca.

Além disso, um sorriso esteticamente agradável, tem o poder de elevar a auto-estima da pessoa, trazendo-lhe confiança e consequentemente bem-estar.

Por isso, me sinto feliz em poder ajudar meus pacientes a alcançar esses objetivos, através da transformação em realidade desse dom que Deus me deu.

E é imbuída dessa missão que estou à disposição para atendê-los.

Dra. Carolina Midlej - CROSP 86.523

Tratamento Ortodôntico

1. Por que procurar um ortodontista?
O especialista é o profissional capacitado a executar o tratamento de forma segura.
2. Quando procurar um ortodontista?
Não existe idade mínima, mas recomenda-se que as crianças sejam levadas para a consulta inicial com o ortodontista a partir do início da dentição de leite, por indicação de outro profissional ou por dúvida dos pais.

3. Existe limite de idade para utilizar o aparelho ortodôntico?
Não, desde que haja a avaliação de um ortodontista. Além de corrigir a posição dos dentes, este auxiliará outras especialidades na obtenção de bons resultados.
4. Quais são os tipos de aparelho ortodôntico?
Os tratamentos ortodônticos podem ser divididos em:
Preventivo: tem por finalidade evitar a instalação de má-oclusões, por exemplo, removendo hábitos como sucção de dedo ou colocação anormal da língua entre os dentes.
Interceptativo: Visa à correção de má-oclusões mais simples, evitando o aparecimento de problemas mais acentuados.
Corretivo: tem o objetivo de tratar má-oclusões já instaladas, geralmente mais graves, utilizando aparelhos fixos.
Pré- protético: Tem por finalidade a movimentação de alguns dentes para possibilitar a confecção de próteses, implantes, etc.
Orto-cirúrgico: Corrige problemas mais severos de má-oclusão, associando Ortodontia à cirurgia nos ossos da face.
5. Como manter o resultado do tratamento?
Devem-se utilizar as contenções conforme a orientação do Ortodontista.
Contenções: Removíveis ou fixas, são aparelhos passivos que visam manter o resultado do tratamento, evitando que os dentes saiam da posição correta.
6. O que é necessário para iniciarmos o tratamento ortodôntico?
São solicitados exames auxiliares como a documentação ortodôntica (radiografias, fotografias e modelos) para o profissional ter condições de realizar um correto diagnóstico e plano de tratamento.
7. Qual a duração de um tratamento ortodôntico?
O tratamento depende da severidade do problema, da idade, da resposta biológica do paciente e de sua colaboração.
8. O sucesso do tratamento ortodôntico depende somente do ortodontista?
Não, depende da perfeita integração entre: profissional, paciente e responsável.